quinta-feira, abril 27, 2006

quarta-feira, abril 19, 2006

Sistematização do cap. 2 de Cas-grande & Senzala

Entre os primitivos o homem é a atividade violenta e esporádica; a mulher a estável sólida e continua. a encargo da mulher estava toda a organização doméstica. Das comidas preparadas pela mulher as principais eram as que se faziam com a mandioca, entre outras tais como:

  • farinha
  • curimã
  • mingau
  • beiju
  • tapioca de cocô
  • maçoca
  • caribé
  • macapata
  • cunhã
  • pokeka
  • arabu (de tartaruga)
  • abunã

Varios desses processos de conhecimentos recebe-uos o colonizador das mãos da mulher, que era elemento mais produtor que o homem nas culturas primitivas.

A infância do selvagen era rodeada de superstições e medos de animais mostruosos. Dos jogos e das danças vários tinham evidente intuito padagógico, ex: algumas danças semelhantes de "diabo" (jurupari) serviam para por medo nas mulheres e crianças para mante-los sobre controle. Outras danças foram adotadas pelos missionários no seu sistema de catequese. Os culumins cresciam livres de castigos, mas eram espancados para se purificarem dos espíritos maus, e passavam por rituais de excessivo rigor físico ao atingir a puberdade. A educação do menino ao atingir a puberdade visava assegurar o domínio do sexo masculino sobre a feminino.

Os tupinambás possuiam tudo em comum, nada era "meu", tudo era "nosso".

Os culumins eram muito bem cuidados pelas suas mães, conservados com muito asseio. Mesmo não tendo fraldas nem panos as crianças nem por isso eram sujas ou nojentas, folhas e lascas de madeira serviam como prato, toalha, guardanapo, papel hiogiênico, e cueiros.

Os jesuitas acharam vantagem em se concentrar na educação dos meninos pequenos: "no menino educar o pai". havia interesse por parte religiosa conservar a raça indígena mas não a sua cultura.

Josiane Soares, Camila Chollet.

sábado, abril 15, 2006

sobre podcasts

Conheça o podzinger. Ele é um aplicativo que busca por palavras e expressões dentro de arquivos de áudio e vídeo. Semelhante ao podscope, do qual eu já havia falado um ano atrás.
:: mais algumas elocubrações aqui.

sexta-feira, abril 14, 2006

Livro Livre

livro livre

A idéia é simples e genial (quase toda idéia genial é simples!) e me lembra um texto do Lourenço Diaféria que li quando era aluno do fundamental...

No dia 23/04/2006 pegue um livro que tenha gostado e já tenha lido e deixe-o em um lugar público para ser achado por alguém!

Primeiramente sugerimos que você escolha um livro que você tenha gostado de ler ou que ache que possa ser interessante para alguém. Liberar um livro didático desatualizado para abrir um espaço na sua estante não está proibido, mas estimulamos que você libere livros que gostaria de encontrar. Desta forma a troca de idéias sobre as leituras faz mais sentido.

Escolhido o livro a ser liberado, sugerimos que escreva na primeira página e/ou contra capa "LIVRO LIVRE - Leia, Libere, Encontre! www.livrolivre.com"

Você pode ainda escrever uma mensagem pessoal sobre o livro ou sobre o movimento. Um exemplo simpático:

?Eu sou um LIVRO LIVRE, que está aqui para quem me encontrar. Leve-me para sua casa e desfrute das histórias que levo comigo. Só peço que você me libere assim que terminar a leitura, para que outras pessoas possam também vivenciar a experiência que lhe proporcionei.?



Para saber mais siga esta ligação: http://www.livrolivre.com/

Do Ubuntu Dapper Drake Flight 6

Links: tutoriais e escolas

Estou organizando uma lista de tutoriais, de preferência video-aulas, animações ou arquivos digitais com imagens que ajudem a comprender mais sobre um software ou aplicativo.

Também queria divulgar mais nomes de escolas que divulgam seus projetos educacionais, nesse caso não pretendo listar sites de escolas que são apenas "institucionais", mas sim os que contribuem com outros educadores ao apresentarem seus projetos.
Aguardo contribuições.
[]s
Mary
www.vivenciapedagogica.com.br