sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Internet & Ensino, de Júlio César Araújo

Novo livro para conferir. Na apresentação proposta pelo Digestivo Cultural:

Em vez de ficar especulando se a internet ajuda na escola ou atrapalha, Júlio César Araújo convidou quase vinte especialistas e produziu um livro: Internet & Ensino — Novos Gêneros, Outros Desafios, no ano passado, pela editora Lucerna.

Apesar da explosão do e-learning ou ensino à distância no Brasil (que só perde para o e-commerce), pouco se discute sobre os impactos da Web no aprendizado, mostrando que já existem ferramentas revolucionárias e especialistas na área. Internet & Ensino preenche esse gap, essa lacuna, abordando, justamente, formas como o chat, manifestações como a ortografia internética (internetês?), os ezines, o estudo de línguas estrangeiras on-line, formatos como a homepage, novidades como o "leitor de Web" e, inescapavelmente, a prática do copy/paste ou copia/cola.

Às vezes em linguagem mais acadêmica, às vezes experimentando com os próprios gêneros, o livro felizmente evita a abordagem paternalista (tão comum a quem antecedeu a internet e se sente ameaçado por ela), tratando de tirar as práticas no ciberespaço do "gueto", até porque, entre os jovens, elas são dominantes. Os autores de Internet & Ensino ainda reforçam: mais que fazer frente ao discurso estabelecido, a WWW proporciona novas formas de expressão, novos meios de interação e de formação da identidade humana. E se num primeiro momento a internet mostrou que vai ser o repositório para o conhecimento, num segundo momento, talvez, tenhamos de pensar em como lidar com esse "novo" conhecimento eletrônico.


fonte: Digestivo Cultural

Related Posts by Categories



Widget by Hoctro | Jack Book

2 comentários:

Clarissa disse...

Acredito que o site Como tudo funciona - www.hsw.com.br cumpre em grande parte o papel de ser um site útil ao ensino. A internet é um mundo vasto de conhecimento, mas muitas vezes é mal explorada e subutilizada. Deve haver incentivo ao uso pedagógico e educacional da web.

Abraços!

Adriana Sales Zardini disse...

oi Suzana! O Júlio é 10 não é mesmo?